livro lido – o avesso da vida, de philip roth

0F785625-EEBD-4ECE-ABD3-0C3D62944641.jpeg

Título: O avesso da vida

Título original: The Counterlife

Autor: Philip Roth

Tradução: Beth Vieira

Editora: @companhiadasletras

Ano de lançamento: 1986

Ano desta edição: 1987

Páginas: 343

Classificação: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️

_______________________________________________

“A construção de um avesso da vida que é o antimito dela própria estava no cerne mesmo do sionismo. Foi uma espécie de fabuloso utopismo, um manifesto em prol da transformação humana tão exagerado – e, desde o princípio, tão implausível – quanto qualquer pessoa, se ele quisesse” (pág 158).

o avesso da vida traz o relato da vida de henry, irmão mais novo de nathan zuckerman, o escritor auter ego de roth desde “o escritor fantasma”. henry é um dentista bem sucedido, pai de três filhos e de uma vida sem dificuldades. henry mantém secretamente um caso com sua assistente, e é nesse cenário que o acompanhamos. mas, uma doença cardíaca o obriga a fazer uso de remédios que acabam por torná-lo impotente, estado que o deixa tão desesperado que decide se arriscar a uma operação cirúrgica de alto risco.

sendo o ponto de partida do romance, “o avesso da vida” foi escrito sem qualquer linearidade. ao invés, trilha por vários sub-narrativas abarcando os mais diferentes desdobramentos. num deles, henry escolhe ser cirurgiado mas acaba não resistindo; numa outra, sobrevive, e tomado de grande depressão, parte para Israel onde encontra na fé o consolo e objetivo de vida; já num revés diferente é o próprio nathan – o personagem central da trama – que se submete à cirurgia e acaba morrendo, e nessa hipótese é henry quem narra a história. 

é claro que com tantas possibilidades, não poderiam faltar os temas polêmicos em roth: por exemplo, na primeira narrativa, um henry certinho decide arriscar a vida numa cirurgia complexa não pelo desejo de estar com sua esposa e filhos, mas porque não suporta não ter a amante. mas há o problema do desamparo da sua família, o que nos faz pensar no porquê alguém arriscaria o futuro da própria família movido pela frivolidade de uma relação extraconjugal. numa segunda narrativa, a que fala sobre a fuga de henry para Israel (aqui também entra o problema da falta de responsabilidade com a família), mas se centra no confronto de nathan, que é judeu americano, com a fé judaica pura. roth retrata o encontro de zuckerman com um escritor de Telaviv, como sendo o confronto entre a ortodoxia judaica e a decisão de nathan de negar a sua “identidade” judaica. as tensões aumentam quando zuckerman conhece o mentor de henry, um certo mordecai lippman, que busca através da luta armada a concretização da hegemonia judaica sobre os árabes. várias das melhores passagens do livro estão nessa parte do romance!

em narrativas posteriores, nathan confronta o catolicismo casando-se com uma inglesa católica, ainda que não praticante. aqui há trechos sublimes, quando zuckerman vai refletindo sobre quanto ele é intolerante diante dos ritos católicos, o que o deixa espantado em descobrir que não é o típico judeu tolerante que imaginava ser. isso vai diretamente conflitar com sua nova esposa, aqui chamada mary, e que, diante dos arroubos de nathan, decide dissolver a relação.

“o avesso da vida” foi, na verdade, o primeiro livro de philip roth que li, já no distante setembro de 2015. sendo meu primeiro contato com a escrita de roth (leria outros tantos roth depois) pouca coisa me ficou da leitura, até porque não pude apreender na sua inteireza a proposta do livro (reler autores tem seu quinhão). poder reencontrar esse livro na medida em que estou avançando nesse projeto pessoal de ler toda a obra de roth que estão disponíveis e na ordem cronológica de publicação só me trouxe deleite e prazer. que venha “operação shylock”!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: